A experiência de cuidadores familiares de pessoas idosas em cuidados paliativos

Autores

  • Márcia Cardoso de Almeida Reis USP
  • Philippe Arthur dos Reis
  • Dhiene Santana Araújo Oliveira
  • Rosa Yuka Sato Chubaci
  • Thais Bento Lima da Silva
  • Beatriz Aparecida Ozello Gutierrez

DOI:

https://doi.org/10.61583/kairs.v26i33.33

Palavras-chave:

Cuidados paliativos, Cuidador familiar, Idoso, Experiência de vida

Resumo

O objetivo deste artigo foi o de compreender a experiência de cuidadores familiares de pessoas idosas em cuidados paliativos. Esta pesquisa qualitativa contou  com cinco cuidadores familiares de pessoas idosas em cuidados paliativos. As falas compuseram as categorias: Conhecimento sobre cuidados paliativos; Cuidados paliativos prestados pelo cuidador familiar; O cuidar no domicílio e Estratégias de enfrentamento para lidar com o desgaste no processo de cuidar. As experiências dos participantes evidenciaram como a ampliação dos cuidados paliativos pode ser realizada com sucesso.

Referências

Andrews, T. (1989). A cura pela cor. Estampa.

Baltes, P. B. (1987). Theoretical propositions of life-span developmental psychology: on the dynamics between growth and decline. Developmental Psychology, 32(5), 611-626. https://library.mpib-berlin.mpg.de/ft/pb/pb_theoretical_1987.pdf

Birch, S., Bovey, M., Alraek, T., Robinson, N., Kim, T.H., & Lee, M. S. (2020). Acupuncture as a treatment within integrative health for palliative care: a brief narrative review of evidence and recommendations. Journal of alternative and complementary medicine (New York, N.Y.), 26(9), 784-791. https://doi.org/10.1089/acm.2020.0032

Braga, C. O., Machado, C. S., & Afiune, F. G. (2021). A percepção da família sobre os cuidados paliativos. Revista Científica da Escola Estadual de Saúde Pública de Goiás “Cândido Santiago”, 7, e7000041. https://doi.org/10.22491/2447-3405.2021.V7.7000041

Cervi, T. D. (2018). Cuidados paliativos e autonomia do paciente terminal: reflexões sobre o testamento vital no Brasil. Revista Videre, 10(20), 99-107. https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/videre/article/view/7709

Chaves, M. S. R. S., Monteiro, P. N. C., Silva, E. de S. M., Cruz, L. A. S., Carvalho, K. F. Oliveira, F. A. de. Brito, A. M. N. de, Maximiano, H. R. L., Santos. A. M. dos, Neto, & Ferreira, L. G. de F. (2022). Distúrbios do sono em pacientes atendidos em um ambulatório de cuidados paliativos do Piauí. Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida, 14(2), 1. https://doi.org/10.36692/v14n3-19 https://www.Cpaqv.org/revista/CPAQV/ojs-2.3.7/index.php¿journal=CPAQV&page=article&op=view&path%B%5D=1073

Cole, C. S., Dafoe, A., Tietbohl, C. K., Jordan, S. R., Huebschmann, A. G., Lum, H. D., & Jones, C. D. (2023). Care challenges of home health patients living with dementia: a pathway forward with palliative care. BMC Palliative Care, 22(1), 122. https://doi.org/10.1186/s12904-023-01247-9

Costa, J. B. F., Assunção, T. A., & Salles, H. S. A. (2017). Cuidados paliativos, o cuidar de uma forma humanizada. Enfermagem Brasil, 16(1), 62-65. https://portalatlanticaeditora.com.br/index.php/enfermagembrasil/article/view/905.

Ferreira, M. E., & Leite, D. M. (2017). Cuidados paliativos sob a ótica de familiares de pacientes com neoplasia de pulmão. Revista Interface - Comunicação, Saúde, Educação. 21(63), 969-980. https://www.redalyc.org/pdf/1801/180153125020.pdf

Gill, T. M. (2014). Disentangling the Disabling Process: Insights From the Precipitating Events Project. Gerontologist, 54(4), 533-549. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4155452/pdf/gnu067.pdf

Giussani, L. (2002). L´uomo e il suo destino: In cammino. Marietti.

Hubert, K. (2021). Cuidadores familiares de idosos dependentes no Brasil: vulnerabilidades e estratégias de enfrentamento [Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal de Santa Catarina. Repositório Institucional da UFSC.https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/228737.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2020). Tábuas Completas de Mortalidade. https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9126-tabuas-completas-de-mortalidade.html?=&t=resultados.

Knaul, F. M., Farmer, P. E., Krakauer, E. L., Lima, L., Bhadelia, A., Jiang Kwete, X., Arreola-Ornelas, H., Gómez-Dantés, O., Rodriguez, N. M., Alleyne, G. A. O., Connor, S. R., Hunter, D. J., Lohman, D., Radbruch, L., Del Rocío Sáenz Madrigal, M., Atun, R., Foley, K. M., Frenk, J., Jamison, D. T., Rajagopal, M. R., … Lancet Commission on Palliative Care and Pain Relief Study Group (2018). Alleviating the access abyss in palliative care and pain relief-an imperative of universal health coverage: the Lancet Commission report. Lancet (London, England), 391(10128), 1391-1454. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(17)32513-8

Konstantinou, A., & Alexakis, L. C. (2022). Managing terminal restlessness, anxiety, and distress during the dying process with Yintang (EX-HN 3) point acupuncture or acupressure: a case series of 19 palliative care patients from a hospital in Germany. The Pan African medical journal, 42, 99. https://doi.org/10.11604/pamj.2022.42.99.32513

Kuntz, S. R., Gerhardt, L. M., Ferreira, A. M., Santos, M. T. dos, Ludwig, M. C. F., & Wegne, W. (2021). Primeira transição do cuidado hospitalar para domiciliar da criança com câncer: orientações da equipe multiprofissional.. Escola Anna. Nery, 25(2), e20200239. https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2020-0239

Lacerda, M. A. de, Silva, L. de L. T.,Oliveira, F. de, & Coelho, K. R. (2021). O cuidado com o idoso fragilizado e a estratégia saúde da família: perspectivas do cuidador informal familiar. Revista Baiana de Enfermagem, 35, e43127. https://doi.org/10.18471/rbe.v35.43127

Mahfoud, M. (2007). Centro pessoal e núcleo comunitário: segundo Edith Stein: indicações para estudos sobre família. In L. Moreira & A. M. A. Carvalho (Orgs), Família, subjetividade, vínculos (pp. 107-124). Paulinas.

Mahfoud, M. (2012). Experiência Elementar em Psicologia, aprendendo a econhecer. Universa; ArteSã. 247 p

Minayo, M. C. S. (2016). O desafio do conhecimento - pesquisa qualitativa em saúde. Hucitec.

Minguillon, J., Lopez-Gordo, M. A., Renedo-Criado, D. A., Sanchez-Carrion, M. J. & Pelayo, F. (2017). Blue lighting accelerates post-stress relaxation: Results of a preliminary study. PLoS One, 12(10), e0186399. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0186399

Ministério da Saúde. (2013). Caderno de atenção domiciliar. Secretaria de Atenção à Saúde. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/caderno_atencao_domiciliar_melhor_casa.pdf

Ministério da Saúde. (2018). Glossário temático: práticas integrativas e complementares em saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/glossario_tematico_praticas_integrativas_complementares.pdf

Ministério da Saúde. (2020). Contexto Histórico da Institucionalização das Práticas Integrativas e Complementares em Saúde no SUS. Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CNPICS).. https://www.saude.sc.gov.br/index.php/informacoes-gerais-documentos/atencao-basica/nucleos/nucleo-de-atencao-as-pessoas-com-doencas-cronicas/pics/guia-de-praticas-integrativas-e-complementares-em-saude-para-os-gestores-do-sus/17736-livreto-1-contexto-historico-da-institucionalizacao-das-praticas-integrativas-e-complementares-em-saude-no-sus/file

Moberley, S., Hewitt, J., Attia, J., Cole, J., Bevington, J., Oldmeadow, C., Howard, Z., & Hughes, R. (2023). Preferences and end of life care for residents of aged care facilities: a mixed methods study. BMC Palliat Care, 22(1), 124. https://doi.org/10.1186/s12904-023-01239-9

Pacheco, D. B., Leal, P. L. C. G., Nogueira, V. G., Guedes, A. A., Chang, B. F., Silva, M. F. S. da, Gutschov, C., & Amanda Estevão, A. (2022). Aplicação do Reiki em pacientes oncológicos. Revista Brasileira de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, 2(3), 96-116. file:///C:/Users/biaag/Downloads/1298-Texto%20do%20artigo-4308-4776-10-20221018%20(5).pdf

Rego, J. R., & Gavioli, A. (2017). Conhecimento dos acadêmicos de enfermagem sobre Cuidados Paliativos: revisão integrativa da literatura. Revista Furtado, 30(2), 68-73. https://revista.uninga.br/uningareviews/article/view/2012/1605

Silva, M. M., & Lima, L. S. (2014). Participação do familiar nos cuidados paliativos oncológicos no contexto hospitalar: perspectiva de enfermeiros. Revista Gaúcha de Enfermagem, 35(4), 14-9. https://www.scielo.br/j/rgenf/a/WmHTn6PfYvzZqskzyrN3KGv/?format=html&lang=pt.

Wegner, W., & Pedro, N. R (2010). Os múltiplos papéis sociais de mulheres cuidadoras leigas de crianças hospitalizadas. Revista Gaúcha de Enfermagem, 31(2), 335-342. https://www.scielo.br/j/rgenf/a/rw8ZcpFxhQymmhsTG8GQD8L/?format=pdf&lang=pt

World Organization of Health. (2020). Global Atlas of Palliative Care at and-of-life. http://www.thewhpca.org/resources/global-atlas-on-end-of-life-care

Downloads

Publicado

2023-12-23

Como Citar

Cardoso de Almeida Reis, M., dos Reis, P. A., Santana Araújo Oliveira, D., Yuka Sato Chubaci, R., Bento Lima da Silva, T., & Ozello Gutierrez, B. A. (2023). A experiência de cuidadores familiares de pessoas idosas em cuidados paliativos. KAIRÓS-GERONTOLOGIA, 26(33). https://doi.org/10.61583/kairs.v26i33.33

Edição

Seção

Artigos Originais